Configurando o Tracker

O Tracker é uma ferramenta complementar ao CRM da Metlycs. O intuito principal é classificar de uma maneira simples e rápida de onde vieram os leads, por exemplo, se o lead chegou por uma campanha do Google, depois passou pelo Facebook e gerou um lead, esse histórico deve ficar registrado dentro do lead, junto com quais páginas ele chegou, qual(is) página(s) ele navegou e qual página ele preencheu o formulário. Lembrando que após preencher o formulário, ele deve continuar cookado com o mesmo user_id para caso ele volte, o novo lead ser armazenado dentro do histórico dele.

 

Para configurar o Tracker no site, copie e cole o código abaixo na seção <head> de todas as páginas de seu website.

 

<script src=”https://cdn.metlycs.com/tracker.min.js”> </script>

 

Implemente o método abaixo em todos os formulários que deseja “trackear”.

Tracker.form( String cod, Object fields, callable callback)

Este método realiza a gravação do lead na Metlycs.

IMPORTANTE: para certificar que este método será executado ao enviar o formulário, é recomendado acionar a função submit() do formulário na função callback do método Tracker.form() após o recebimento da resposta da API. O exemplo, mais abaixo neste documento, irá ilustrar esta implementação.

Parâmetros

cod_client

Código do cliente gerado pela Metlycs. Você pode visualizar o código para um determinado cliente na seção Meus Clientes. Ele é constituído por 12 dígitos.

fields

Objeto Javascript contendo o campos do formulário a serem registrados no cadastro do lead, tendo como propriedades, os nomes dos campos da Metlycs e como respectivos valores, o valor do atributo name dos campos do formulário. O sistema possui validação de dados, então, caso algum dado não estiver no formato correto, o lead e/ou empresa não serão registrados. A lista de campos disponíveis pode ser encontrada mais abaixo neste documento.

IMPORTANTE: o campo leadEmail é obrigatório. Leads não serão gravados na Metlycs sem este campo preenchido em formato e-mail válido. O campo companyEmail também é obrigatório caso haja gravação de dados da empresa do lead.

callback

Função callback tem como parâmetro o retorno do registro do lead na Metlycs. Nesta função você pode tratar o retorno da gravação do lead . O status desta requisição será armazenado no atributo status de tipo String, sendo igual a “FAIL” em caso de falha na gravação do registro ou o atributo igual a “SUCCESS” caso a gravação foi realizada com sucesso. Detalhes sobre o erro será retornado no mesmo atributo.

Exemplo

O exemplo abaixo mostra o método verificaForm() que é executado pelo evento onSubmit de um formulário de contato. Nesta função, inserimos a chamada do método Tracker.form()  que registra os campos nome e e-mail do lead e o e-mail da empresa do lead. Neste exemplo, podemos ver que o código do cliente é 000000000000. Esse número deve ser substituído pelo seu código de cliente. Finalmente, na função callback verificamos o status da resposta, em caso de sucesso é retornado true, caso contrário é exibido no console o retorno da chamada e retornado false.

function verificaForm() {

 Tracker.form(“000000000000”, {
                  leadName: “contato_nome”,
                  leadEmail: “contato_email”,
                  companyEmail: “empresa_email”

 }, function( res ) {
     if ( res.status !== “FAIL” && res.status[“id”].length > 0) {
      document.getElementById(“frm”).submit();
     }
     else {

       console.log(‘erro’, res);
       document.getElementById(“frm”).submit();
     }
 });
}

Fields:

  • leadName Campo Nome do lead. Formato String com máximo de 255 caracteres.
  • leadEmail Campo E-mail do lead. Formato String com máximo de 255 caracteres.
  • leadTelephone Campo Telefone do lead. Formato String com máximo de 255 caracteres.
  • leadMobile Campo Celular do lead. Formato String com máximo de 255 caracteres.
  • leadAvatar Campo Persona do lead. Formato Integer com máximo de 11 caracteres correspondente ao número identificador da Persona cadastrada no sistema.
  • leadRole Campo Cargo do lead. Formato String com máximo de 255 caracteres.
  • leadTwitter Campo Twitter do lead. Formato String com máximo de 255 caracteres.
  • leadFacebook Campo Facebook do lead. Formato String com máximo de 255 caracteres.
  • leadLinkedin Campo LinkedIn do lead. Formato String com máximo de 255 caracteres.
  • leadWebsite Campo Site do lead. Formato String com máximo de 255 caracteres. (Nota: o valor deve estar em formato URL deve ser válido. Exemplo: www.lead.com.br)
  • leadState Campo Estado do lead. Formato String com máximo de 2 caracteres. Valores aceitos:
    • “AC” (Acre)
    • “AL” (Alagoas)
    • “AM” (Amazonas)
    • “AP” (Amapá)
    • “BA” (Bahia)
    • “CE” (Ceará)
    • “DF” (Distrito Federal)
    • “ES” (Espírito Santo)
    • “GO” (Goiás)
    • “MA” (Maranhão)
    • “MT” (Mato Grosso)
    • “MS” (Mato Grosso do Sul)
    • “MG” (Minas Gerais)
    • “PA” (Pará)
    • “PB” (Paraíba)
    • “PR” (Paraná)
    • “PE” (Pernambuco)
    • “PI” (Piauí)
    • “RJ” (Rio de Janeiro)
    • “RN” (Rio Grande do Norte)
    • “RO” (Rondônia)
    • “RS” (Rio Grande do Sul)
    • “RR” (Roraima)
    • “SC” (Santa Catarina)
    • “SE” (Sergipe)
    • “SP” (São Paulo)
    • “TO” (Tocantins)
  • leadCidade Campo Cidade do lead. Formato String com máximo de 255 caracteres.
  • companyName Campo Nome da empresa do lead. Formato String com máximo de 255 caracteres.
  • companySector Campo Setor da empresa do lead. Formato Integer com máximo de 11 caracteres. Valores aceitos:
    • “1” (Agropecuária)
    • “2” (Água, gás e saneamento)
    • “3” (Alimentos processados)
    • “4” (Bancos)
    • “5” (Carnes e derivados)
    • “6” (Construção civil e intermediação)
    • “7” (Construção pesada e engenharia)
    • “8” (Energia elétrica)
    • “9” (Equipamentos, máquinas e peças)
    • “10” (Holdings)
    • “11” (Hotelaria e Restaurantes)
    • “12” (Imóveis comerciais e shoppings)
    • “13” (Indústrias de alimentos)
    • “14” (Indústrias em geral)
    • “15” (Materiais diversos)
    • “16” (Mineração)
    • “17” (Negócios de lazer e eventos)
    • “18” (Papel e madeira)
    • “19” (Petróleo, gás e combustíveis)
    • “20” (Química e petroquímica)
    • “21” (Roupas, calçados e acessórios)
    • “22” (Serviços diversos)
    • “23” (Serviços financeiros)
    • “24” (Setor de educação)
    • “25” (Setor de saúde)
    • “26” (Setor de seguros)
    • “27” (Setor de transporte)
    • “28” (Siderurgia e metalurgia)
    • “29” (Tecnologia da informação)
    • “30” (Telecomunicações)
  • companySize Campo Tamanho da empresa do lead. Formato Integer com máximo de 11 caracteres. Valores aceitos:
    • “1” (1-10 funcionários)
    • “2” (11-50 funcionários)
    • “3” (51-200 funcionários)
    • “4” (201-500 funcionários)
    • “5” (501-1000 funcionários)
  • companyEmail Campo E-mail da empresa do lead. Formato String com máximo de 255 caracteres. (Nota: o valor deve estar em formato de e-mail válido. Exemplo: contato@email.com.br)
  • companyWebsite Campo Site da empresa do lead. Formato String com máximo de 255 caracteres. (Nota: o valor deve estar em formato URL deve ser válido. Exemplo: www.empresa.com.br)
  • companyTwitter Campo Twitter da empresa do lead. Formato String com máximo de 255 caracteres.
  • companyFacebook Campo Facebook da empresa do lead. Formato String com máximo de 255 caracteres.
  • companyTelephone Campo Telefone da empresa do lead. Formato String com máximo de 255 caracteres.
  • companyAddress Campo Endereço da empresa do lead. Formato String com máximo de 255 caracteres.
Tags: